segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Cartas

Ah, quanto tempo já se passou, parecem que estamos longe há séculos. Queria tanto ter passado mais tempo com você...Queria tanto te contar sobre meus novos interesses, sobre o que eu ando pensando sobre o mundo, sobre as coisas que acontecem. Queria tanto te abraçar, dizer que ainda lembro de quando disse que o conhecimento é a única coisa que não podem tirar da gente, que lembro das risadas sempre presentes no dia a dia. Queria tanto ter te perguntado sobre filosofia, sobre política, sobre livros... Mas naquela época eu nem me interessava tanto assim por essas coisas. Queria te dizer sobre o que estou aprendendo ultimamente e que agora escrevo com frequência. Eu mudei muito, mas continuo a mesma, acho que cresci. Queria te dizer também que você nunca sairá dos meus pensamentos, do meu coração, e que eu não vou desistir do que quero para a minha vida, eu vou continuar, por você e por mim.
Até breve.

6 comentários:

  1. Melancolico? Legal o texto, mas me passou uma ideia de tristeza e saudade...talvez por isso está tão belo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Yon, é exatamente isso! :)
    Volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que lindo Sofia, é um dos melhores, amei!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo o texto, Parabéns.. adorei (:

    ResponderExcluir
  5. Muito belo o texto! Se refere ao seu pai? Se for, temos algo em comum.

    ResponderExcluir